2005-12-31

previsões para 2006

portugal

- a fraude e evasão fiscal descerão para níveis desprezíveis
- não haverá grandes fogos florestais mas apenas pequenos churrascos
- o número de acidentes de viação diminuirá drasticamente
- diminuirá o desemprego e a desigualdade social
- o orçamento de estado para a cultura chegará finalmente a 1% do pib
- haverá um novo presidente da república
- em junho haverá uma bandeira nacional em cada janela

mundo

- no reino-unido e na alemanha haverá uma evasão de esquilos que será responsável por fortes oscilações no mercado bolsista
- o burkina faso anexará a china pondo termo a longos anos de negociações
- no médio oriente, palestinianos e israelitas sentar-se-ão de novo à mesa para almoçarem e saddam hussein será condenado a passar uma semana com george w. bush
- nos estados-unidos deus continuará a abençoar todos aqueles que morrem no combate ao terrorismo

2005-12-30

afinal não

contrariando a ideia do dia vinte e nove de dezembro de dois mil e cinco de que o futuro é já amanhã surgiram rumores de que afinal será apenas depois de amanhã

2005-12-29

o futuro é já amanhã

passaram-se dias e o tempo não parou.
o mesmo se passa, quando passa, com as folhas da árvore que queria ser girafa...

2005-12-26

no dia seguinte

todos acordaram mais tarde excepto o cão que mal sentiu os primeiros raios de luz foi ao quintal cheirar o tronco da nespereira. durante a tarde porém voltaram a comer.

2005-12-24

véspera

do Lat. vespera
s. f., a tarde;
o dia que precede aquele de que se trata;
época ou tempo que antecede um certo acontecimento;
(no pl. ) parte do ofício divino que se reza de tarde.

2005-12-23

apostaeganha

quanto tempo leva uma ervilha a chegar ao chão se largada de uma altura considerável?
a. 1 minuto
b. 50 segundos
c. depende do peso da ervilha e da velocidade do vento

quantos metros de fio de nylon foram usados na construção da maior árvore de natal da europa?
a. nenhum
b. 150 000
c. azul

quem vencerá as próximas eleições?
a. candidato apoiado
b. candidato sem apoio
c. não sabe não responde

2005-12-22

inverno

começou o inverno.
as famílias correm esbaforidas para comprar uma tenda de campismo, agora que estão a bom preço.
entretanto no ramo mais alto da árvore mais alta uma folha teima em não cair.

2005-12-21

alpinismo

numa manhã fria de dezembro um homem sai de casa com uma ideia fixa:
fotografar todos os pais natal trepadores de encontrar.

2005-12-20

o amendoim

um amendoim adormeceu no sofá e sonhou que era um grande macaco que passava o tempo a passar a ferro numa ilha distante até que apareceu uma equipa de filmagens.
o macaco apaixonou-se por uma loira que nunca tem frio e na ilha nunca mais ninguém passou a ferro.
entretanto o amendoim acabou por acordar com a barulheira dos dinossauros.

2005-12-19

o sol

sem fazer qualquer tipo de exigência o sol continua a brilhar.

2005-12-17

calimero

um jovem de 22 anos confessa-se chocado face aos 60 processos que pendem sobre si por condução sem carta de condução.
alega que não matou, não roubou nem provocou acidentes.
um outro jovem anda a recolher assinaturas para que o deixem pilotar um avião pois esse sempre foi o seu sonho.

2005-12-16

o candidato

uma criança com três meses faz anunciar a sua candidatura à presidência e entra em pré-pré-pré-pré-campanha eleitoral

2005-12-15

o canalizador

7h30
acordou e ao entrar na cozinha descobriu água no chão.

8h30
- sim!... pois... eu fico descançado mas tem que ser hoje. olhe que não posso abrir nenhuma torneira.

12h00
- estou!? sim!... então você não me disse que estava cá às 11h30?... não quê?... peço-lhe desculpa mas isso a mim não me interessa nada, você disse-me... às 15h00?... mas por favor desta vez não me falhe... sim... sim, mas você de manhã também se comprometeu.

15h05
- então??... surgiu-lhe um problema? outro?... não, desculpe você faltou duas vezes à sua palavra... o quê? ... agora já? ... 10 minutos?.... está bem, até já.

18h30
- você está a gozar comigo não está? perdi o dia à sua espera e continuo sem água... o quê? não me exalto?.... como é que quer que eu esteja depois de... EU NÃO ESTOU A GRITAR!! você não só faltou ao prometido como deixou de me atender o telefone!... amanhã?... a que horas??

2005-12-14

greve

..................................................................
..................................................................
..................................................................
..................................................................

2005-12-13

o importante

um sapinho vermelho salta muito contente de pedrinha em pedrinha quando é de súbito abordado por um importante.
o importante que chega num grande carro, abre o vidro e pergunta:
- 당신은 인근, 당신에 있는 어떤 대중음식점을 어리석은 개구리 알고 있었는가?
o sapinho que tinha feito em tempos um curso de coreano - teve uma namorada que foi trabalhar para a samsung em seul, que lhe disse que se ele aprendesse a língua ela também conseguia um lugar para ele lá, mas a tarefa veio a revelar-se muito difícil e ele acabou por desistir do curso e da namorada - percebeu que o importante lhe estava a chamar estúpido.
sem dar parte de fraco o sapinho respondeu:
- rrébit! rrèbiT! rrêbit! rréBit! - que como toda a gente sabe em linguagem de sapo quer dizer:
- muito bom dia também para si, senhor importante. olhe que por acaso até conheço um bom restaurante aqui perto. o senhor está a ver ali aquela rocha que só tem musgo do lado verde? ali vire à direita e vê logo o restaurante. chama-se "o radical" e tem fama de ser dos melhores do país.
o importante sorri enquanto coça a barriga. fecha o vidro do carro e arranca.
o sapinho encolhe os ombros e continua os seus saltos.
o importante ao chegar ao restaurante é recebido com grande pompa.
estendem-lhe um tapete vermelho e os empregados prefilam-se todos para que ele passe.
o dono do restaurante vem cumprimentá-lo e diz-lhe que a refeição será por conta da casa.

2005-12-12

liberdade

freedom must always be conquered

um filme de Bruno Bozzetto
com música de Roberto Frattini

2005-12-11

caco-calo

consta que no início dos anos noventa do século passado o gigante caco-calo fez um contrato de publicidade com a câmara municipal da cidade. esta publicidade constava de grandes murais pintados nas laterais dos edifícios que passados mais de dez anos ainda são bem visíveis. por sua vez o caco-calo comprou seis veículos todo-o-terreno para os principais membros do elenco camarário. a satisfação destes últimos foi tal, nomeadamente do presidente, que mandaram construir uma estátua.

2005-12-09

eterna juventude

uma mulher está sentada à mesa de uma esplanada, bebendo um chá gelado, enquanto apanha os últimos raios de sol do dia.
debaixo da mesa da esplanada há uma loja chinesa que vende automóveis movidos a hidrógenio.
à porta da loja há uma fila enorme de pessoas que aguardam a sua vez para entrar.
na montra está um enorme letreiro que diz, em chinês, claro.
a um canto da loja, por detrás do balcão de atendimento está a fonte da eterna juventude.

2005-12-08

troca-tintas

queria a todo o custo fugir dali para fora.
empregava todas as suas forças para fazer mover as pernas que teimavam em correr no mesmo lugar.
não lhe restou outra coisa senão fechar o jornal e ir tratar das begónias.

2005-12-06

proof

a sessão de cinema estava marcada para as 16h45.

às 16h43 estavam três pessoas na sala. à hora marcada as luzes reduzem de intensidade e começam anúncios de outros filmes. entretanto mais pessoas entram, três agora, mais duas, mais quatro, e mais e mais... quase todas têm as mãos ocupadas com comida, por isso há uma dificuldade acrescida em encontrar o lugar marcado que fazem questão de ocupar.

16h52. param os trailers e começa a publicidade. o público continua a chegar, mas os arrumadores deram por terminado o seu trabalho nesta sala. agora é ainda mais difícil encontrar o lugar. uma rapariga tropeça e deixa cair um enorme balde de pipocas. ela e a companheira riem, aliás irão rir durante todo o filme.

16h55. continua a publicidade e as pessoas continuam a chegar. a sala está agora meia cheia. é hora de verificar se o telemóvel está em modo de silêncio e bem ligado. aproveita-se para enviar uma última sms ou mostrar uma foto extraordinária do gato, tirada de manhã.

16h57. apagam-se as luzes. começa outro trailer. ainda há pessoas a chegar. a rapariga que entornou as pipocas continua a rir e sai da sala. a afluência de pessoas aumenta agora consideravelmente e com a sala às escuras é bem mais difícil encontrar os lugares.

17h00. começa o filme mas isso é pouco importante pois ainda há muita gente de pé à procura da sua cadeira. as luzes provenientes dos telemóveis são agora bem mais visíveis.

17h03. a rapariga das pipocas volta à sala com um novo fornecimento. com ela entram ainda mais duas pessoas. a sala está agora quase cheia, o filme lá vai rodando.

17h10. há mais de dois minutos que ninguém entra, até o ritmo do filme parece ter percebido; num surround da melhor qualidade o som da mastigação propaga-se e o cheiro intenso das pipocas vai-se diluindo aos poucos com outros cheiros.

à parte de dois ou três risos alarves e das luzes dos telemóveis o resto da sessão correu sem sobressaltos.

18h45. the end. mais de meia plateia levanta-se como se as cadeiras possuíssem uma mola. desses, metade já está a falar ao telemóvel dizendo que já acabou o piquenique. acendem-se as luzes da sala. dois terços das pessoas já saíram. as outras tentam agora não pisar os restos de comida e copos vazios que se encontram espalhados um pouco por todo o lado.

entre mil novecentos e quarenta e seis e mil novecentos e setenta e três, descontados os «regressos definitivos» e os saldos negativos nas saídas para o ultramar, terão emigrado quase dois milhões de portugueses.

2005-12-05

o vingativo dos pneus

um homem vive amargurado com o comportamento de alguns vizinhos.
não consegue compreender o que leva as pessoas a despejarem o lixo ao lado do ecoponto.
assiste estupefacto ao espectáculo de alguém a limpar o rabinho ao cão e deixar o lenço usado para o efeito junto às fezes do animal.

2005-12-04

o salto

dezenas de milhares de pés estão empilhados sem qualquer critério.
são pés grandes, pés pequenos, pés sujos, pés descalços, pés de meia, pés frios, pezinhos de lã, pés de cabra, pés lindos, pés de atleta, pés de chinelo, pés de chumbo, pés de galinha e até pezinhos de coentrada.
bem lá no alto, por cima do último par de pés, uma mulher entrega a chávena vazia do chá à hospedeira que passa com o carrinho e descalça os sapatos.

2005-12-03

solta a alegria


Solta a alegria!
Que fique desatada!
Esquece a ânsia que rói o coração.
Tanta doença foi assim curada!
A vida é uma presa,
vai-te a ela!
Pois é bem curta a sua duração.

E mesmo que tua vida
acaso fosse de mil anos plenos já composta
mal se poderia dizer que fora longa.
Que seres triste não seja a tua aposta
pois que o alaúde e fresco vinho
te aguardam na beira do caminho.
Que os cuidados não sejam de ti donos
se a taça for espada brilhante em tua mão.

AL MUTAMID

2005-12-02

última hora!

- Não! Não! Tu primeiro!
- Já disse que vou a seguir a ti!
- Sim, dizes isso e depois fazes como da outra vez!
- Qual vez? Eu acabo por ser sempre a primeira.
- Mentira, mentira! Vá lá, vamos contar até três.
- E prometes que vais mesmo?
- Sim, vamos as duas.
- Tá bem, então vá lá! Estás pronta?
- Sim!!
- Um!..... Dois!...
- Espera, espera!
- Então? O que foi?
- É mesmo para ir não é?
- Claro que é, vá lá que já estou farta deste sítio.
- Então vamos lá.
- Um!... Dois!... Dois e meio!...
- Olha!!
- O quê!!!!
- Nada, ainda não estava pronta.
- Assim, não vale, vou desistir e vou-me embora.
- Não, não! Não me deixes aqui.
- Então vamos lá, agora é de vez.
- Um!..... Dois!....
- ...

2005-12-01

um de dezembro

em 1640 um grupo de conspiradores, constituído por nobres e juristas tentou em vão prender a duquesa de mântua, então regente de portugal.
miguel de vasconcelos, secretário da duquesa mandou prender os revoltosos e o duque de bragança, d. joão IV, nunca viria a ser conhecido pelo restaurador.