2007-06-20

2007-06-19

não se importa de repetir?

2007-06-05

putrefacção

(...) - Um romance! Valha-me Deus, Nurieta... O romance está morto e enterrado. Dizia-mo no outro dia um amigo que acaba de chegar de Nova Iorque. Os americanos estão a inventar uma coisa que se chama televisão e que vai ser como o cinema, mas em casa. Nunca mais serão precisos livros, nem missa, nem nada de nada. (...)

Carlos Ruiz Zafón
in A sombra do Vento