2008-12-26

previsões para 2009

Janeiro - domingo de manhã, num café no centro da cidade de Ponte de Sôr, o som da missa dominical emitido pela televisão misturar-se-á com o da música dos Pink Floyd, Another brick in the wall, com o ruído da máquina do café e as vozes dos clientes. A uma mesa, ao fundo, duas crianças brincam com telemóveis.

Fevereiro - neste mês não haverá corrupção absolutamente nenhuma. Um cão salvar-se-á a um atropelamento por esticão no túnel do Marquês, em Lisboa.

Março - falar-se-á de futebol, de eleições e da crise. Nascerá o futuro presidente da união Europeia.

Abril - o mercado será fortemente regulado, principalmente nos sectores estratégicos, como as bancas da fruta e do peixe. Serão criados novos instrumentos de controlo sobre os poderes do Estado e uma menina de cinco anos, natural da Póvoa do Lanhoso será eleita para substituir o actual responsável.

Maio - grandes manifestações em todo mundo elogiarão as medidas tomadas para proteger os ursos polares. As comemorações do dia da Europa serão captadas, emitidas e visionadas por aparelhos portáteis de comunicações.

Junho - aparecerão os primeiros eco-pontinhos onde as pessoas poderão deixar o lixo que normalmente deixam da parte de fora dos eco-pontos. As eleições europeias correm muito bem e pela primeira vez serão aceites os votos de animais domésticos.

Julho - estará calor e falar-se-á de férias. Por esta altura já se deve saber que todos os banqueiros agora suspeitos de terem cometido crimes económicos, afinal agiram sempre dentro da lei.

Agosto - bah!

Setembro - mesmo aqueles que teimam em ver/ouvir notícias estarão fartos de ouvir promessas eleitorais, de ver caras feias espalhadas pelas paredes do país e surgirá o movimento das pessoas que só se riem.

Outubro - afinal ainda não foi este ano que tivemos o verão mais quente de sempre. Depois das legislativas chegam as autárquicas ou será que para poupar dinheiro acontecem no mesmo dia? E os resultados disto?

Novembro - o google comprará a microsoft, o facebook e três raminhos de salsa

Dezembro - afinal a crise não foi assim tããããoooo grande. Mas em 2010 é que vai ser mesmo terrível e vamos finalmente ter o verão mais quente de sempre.